Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

A Polícia Civil do Amapá abriu inquérito para investigar a descoberta do corpo de um bebê recém-nascido no aterro controlado de Macapá, localizado no KM-7 da BR-210.

Foram os carapirás, profissionais que trabalham na seleção de lixo, que descobriram o corpo da criança do sexo feminino, e ligaram para o 190 (Ciodes) às 16h23min. Uma equipe do 2º Batalhão da Polícia Militar esteve no local e acionou a Polícia Técnica.

Os carapirás chegaram a recolher o corpo e colocar numa mala para não ficasse exposto ao sol e insetos.

Capitão Alex Sandro: corpo pode ter sido despejado por caminhão. Foto: Arquivo

Por enquanto, há poucas informações sobre a condição da criança. Não se sabe se ela nasceu morta ou se foi assassinada após o parto.

“(O corpo) provavelmente teria chegado nos caminhões de lixo que rodam na cidade durante a manhã, mas apenas os peritos da Politec irão determinar o horário e como a criança morreu”, comentou o chefe de Comunicação Social da PM, capitão Alex Sandro.

Compartilhamentos