Guarda florestal morre atropelado em canteiro na zona norte

Motorista falou que o carro avançou depois que um dos pneus, já gasto, estourou.
Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Morreu na manhã deste sábado (9), o guarda florestal Josimar Gomes de Azevedo, de 52 anos. Ele caminhava junto com a esposa no canteiro central da Rua Tancredo Neves, no São Lázaro, zona norte de Macapá, quando foi atropelado por um carro. O homem morreu na hora.

O acidente aconteceu por volta de 6h30. A mulher dele escapou sem ferimentos.

A polícia informou que após o choque, o motorista do veículo fiesta, Elinelton Mota da Silva, de 25 anos, saiu do local do acidente, com medo por causa da aglomeração de pessoas, e foi até o Batalhão de Trânsito, comunicar o ocorrido. Ele foi submetido ao teste do bafômetro, que deu negativo.

Veículo avançou canteiro central Foto: Olho de Boto

Após os procedimentos, o motorista foi apresentado no Ciosp do Pacoval, onde foi ouvido pela delegada Elza Nogueira. Ele foi liberado, em seguida, e deve responder pelo crime de homicídio culposo, por não ter a intenção de matar.

Segundo a delegada, o motorista falou que o carro avançou o canteiro central depois que um dos pneus, já gasto, estourou, fazendo-o perder o controle do veículo.

“Digo a vocês, não comprem pneu ‘meia vida’, porque pode custar caro para você ou para outra pessoa inocente. Pode tirar a vida de uma pessoa na rua, que não tem nada a ver com nada”, falou o motorista, que disse ter adquirido recentemente um pneu já usado, para circular provisoriamente.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.