Compartilhamentos

Uma motorista de 21 anos passou por um susto após perder o controle de seu veículo e bater em um carro estacionado no meio fio. O automóvel capotou e ficou com as rodas para cima. A condutora, Suzana Souza Natividade, ficou presa nas ferragens, mas não sofreu ferimentos graves.

O proprietário do veiculo atingido por Suzana, Jackson Sena, de 36 anos afirmou que a condutora vinha em alta velocidade e que dirigia de salto alto. A família da motorista negou. “Eu estava dentro do meu veículo quando senti o impacto da batida. Meu carro foi arrastado. Quando a Corpo de Bombeiros chegou para o resgate da condutora, ela saiu do veículo com apenas um lado do salto alto, o que mostra que estava dirigindo com um elemento proibido pelas normas de trânsito”, contou ele ainda assustado.

A mãe da condutora, que não quis dar o nome, informou que a filha nunca dirige de salto alto. De acordo com populares que testemunharem o acidente o carro deu um solavanco antes de bater e capotar. “Segundo os populares o veículo deu uma arrancada repentina, fato que causou força no impacto, mas só a perícia poderá apontar a causa do acidente”, contou o sargento que atendeu a ocorrência, Jefferson Conceição.

Em um primeiro levantamento, a PM destacou que não há indícios de que a motorista dirigia sob o efeito de álcool, e que o acidente também pode ter ocorrido porque a pista estava escorregadia.

 

Compartilhamentos