Compartilhamentos

O proprietário de uma chácara na comunidade de Casa Grande, na região do Curiaú, zona ruralde Macapá, passou por momentos difíceis na madrugada desta quinta-feira, 3. Quatro bandidos armados com três pistolas e uma espingarda surpreenderam e amordaçaram José Silva das Chagas, 62 anos, por voltas das duas da manhã. Os criminosos estavam atrás do dinheiro da venda de uma propriedade.

A chácara fica a 2 km da Rodovia do Curiaú (AP-70). No momento do crime, José Silva das Chagas, estava sozinho em casa. Ele contou em depoimento à polícia que quando acordou os bandidos já o estavam segurando. Ele foi amordaçado, enquanto os bandidos reviraram toda a casa procurando R$ 83 mil referentes à venda de um terreno, transação ocorrida dois dias atrás.

Os bandidos fugiram R$ 5 mil com dinheiro, além de um cordão de ouro e uma moto Bros Laranja de placa 7281. A polícia suspeita que um parente da vítima tenha comandado o crime de dentro do Iapen.

A Polícia Militar foi acionada por volta das cinco da manhã, quando José das Chagas conseguiu se soltar. “Ainda estamos investigando, mas a suspeita é que o crime tenha sido a mando de um parente do seu José que tinha problemas com ele. Inclusive esse parente cumpre prisão no Iapen por roubo”, contou o tenente R. Barbosa.

A vítima não conhecia os criminosos. Até o início da tarde não havia informações sobre prisões.

 

Compartilhamentos