Compartilhamentos

A estiagem rigorosa deste ano está provocando uma cena curiosa na ponte da Lagoa dos Índios, ainda na zona urbana de Macapá. Dezenas de garças estão pintando a paisagem de branco atrás de peixes que não estão conseguindo voltar para os canais.

A ponte atravessa a Lagoa dos Índios no trecho que passa pela Rodovia Duca Serra. O local é sempre muito frequentado por banhistas e pescadores, mas a escassez de chuvas e o forte calor estão causando um processo de evaporação mais acelerado este ano. Esta semana começaram a aparecer as primeiras garças. São muitas espalhadas nos dois lados da ponte.

Sem ter por onde voltar, peixes ficam presos em pequenas lagoas e viram refeição para as aves

Sem ter por onde voltar, peixes ficam presos em pequenas lagoas e viram refeição para as aves

A bióloga Luciede Karim explica que a presença das aves nessa intensidade é um ciclo natural, parecido com o que ocorre em outros biomas como o Pantanal mato-grossense. “Os peixes não conseguem voltar para os canais e acabam presos em pequenas lagoas. Faz parte da cadeia alimentar”.

Compartilhamentos