Compartilhamentos

De acordo com o calendário eleitoral, a partir das 20h desta terça-feira, 30, até 48 horas depois do encerramento da eleição, nenhum eleitor poderá ser preso ou detido, salvo em flagrante delito, ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável.

2 de outubro

A partir da próxima quinta-feira, 2, estão proibidas reuniões públicas de candidatos com eleitores e realização de comícios. Além disso, na mesma data está vedada a utilização de aparelhagem de som fixa.

Dia 2 também é o último permitido pela legislação para debates entre candidatos em veículos de comunicação.

3 de outubro

Já na sexta-feira (3 de outubro) será suspensa a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. No mesmo dia a lei proíbe a divulgação de propaganda eleitoral paga na internet, jornal ou impresso de qualquer tipo.

4 de outubro

No próximo sábado, será último o dia para a propaganda eleitoral com alto-falantes ou amplificadores de som em carros.

Eleições 2014

No dia 5 de outubro, os brasileiros vão às urnas escolher o presidente da República, governador, senador, deputado federal e deputado estadual ou distrital. Nos casos de eleições majoritárias (presidente e governador) em que houver segundo turno, os eleitores voltarão às urnas no dia 26 de outubro.

No dia das Eleições, o eleitor pode fazer a propaganda individual e silenciosa. Em todos os locais de votação, a Justiça Eleitoral terá equipes de fiscalização para coibir qualquer tipo de manifestação irregular.

 

Compartilhamentos