Compartilhamentos

O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) já apreendeu 29 veículos por propaganda irregular. Cavaletes, outdoor, trios elétricos e carros de sons são alvos do TRE, principalmente por abusarem do alto volume do som em frente a órgãos públicos. Ao todo, 180 denúncias já foram apuradas pela justiça eleitoral.

Segundo o coordenador da Comissão de Fiscalização da Corregedoria do TRE, Jorge Jacobina, a Justiça eleitoral está fazendo um trabalho repressivo para coibir a prática irregular e abusiva. “Nessa semana estamos fiscalizando por meio de blitz repressiva. Ainda encontramos muitos cavaletes em logradouros públicos e carros parados em locais impróprios. Apreendemos o veiculo na hora”, destacou.

A partir de 22 horas de sábado, 4, nenhum cavalete, banner ou outdoor deve estar em local público. Caso as coligações descumpram há uma multa de R$ 5 mil . Veículos e materiais de campanha apreendidos ficam em um depósito do TRE, no bairro Santa Rita. Se os carros apreendidos apresentarem irregularidades, o Departamento Estadual de Trânsito do Amapá (Detran-AP) poderá retê-los.

De acordo com o fiscal, na próxima eleição, em 2016, estará proibido o uso de cavaletes pelos candidatos. Por enquanto, a expectativa para o domingo, 5, e que tudo ocorra normalmente. “Estamos com apoio da Polícia Militar e Polícia Federal. Acreditamos que os partidos estão atentos as leis, por isso a nossa expectativa é que tudo ocorra perfeitamente”, disse

Compartilhamentos