Compartilhamentos

Já está preso no Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen), Elionildo Teixeira, de 42 anos, capturado no Bairro Novo Horizonte, Zona Norte de Macapá. Ele é acusado de praticar atos libidinosos e de tentar consumar o estupro contra uma menor de 13 anos. A menina é filha de um colega de trabalho que hospedava o acusado há 4 meses.

A prisão ocorreu na madrugada de terça-feira, 07, na casa onde tudo aconteceu. Segundo a polícia e a família da vítima, Elionildo tentou estuprar a menina que ainda conseguiu se defender aplicando uma mordida em um dos dedos do agressor e conseguiu gritar por socorro.

Delegado Celso Pacheco: "ele fingiu estar dormindo, mas o pai da menina viu a mordida"

Delegado Celso Pacheco: “ele fingiu estar dormindo, mas o pai da menina viu a mordida”

Uma irmã da adolescente ouviu os gritos e chamou o pai. Elionildo tentou negar. “Ele fingiu estar dormindo, mas o pai da menina viu a marca da mordida na mão dele. Ele tentou correr, mas foi imobilizado por moradores e encaminhado para a Delegacia de Crimes Contra a Mulher. Em seguida, ele foi encaminhado ao Iapen”, explicou o delegado Celso Pacheco, do GTA.

O pai da garota não quis ser identificado, mas contou que o acusado morava na casa dele como favor. “Ele veio de Maceió para trabalhar, mas como não tinha onde ficar eu o deixei ficar em casa. Ele me ajudou a pagar o aluguel na casa que moro com meus 8 filhos , mas assim que descobri a tentativa de estupro eu fui pra cima dele”, disse.

A menina já foi submetida a exame de conjunção carnal na Polícia Técnico-Científica (Politec), mas o exame deu resultado negativo. Mesmo assim, Elionildo ficará preso por tentativa de estupro.

Compartilhamentos