Compartilhamentos

O motorista de um ônibus da empresa Viação Santanense que faz linha para Oiapoque levou dois tiros de assaltantes na noite desta terça-feira, 21. De acordo com informações do dono da empresa, Arão Ohana, o ônibus saiu de Macapá com cerca de 30 passageiros com destino a Oiapoque, a 590 quilômetros de Macapá. Por volta das 19 horas, quando o ônibus chegava a localidade do Carnot, município de Calçoene, dois homens em uma moto forçaram o motorista a parar o veículo.

Os dois assaltantes entraram no ônibus com a intenção de levar tudo que podiam, principalmente relógios e celulares. Mas eles começaram a agredir os passageiros. Foi quando Aldo Guedes, de 58 anos, 30 dos quais trabalhando na estrada, pediu para que os bandidos não agredissem as pessoas. Revoltados com a interferência, um deles atirou duas vezes contra o motorista. Um tiro pegou no braço e outro no abdômen. A arma usada foi uma espingarda calibre 12.

Depois de pegarem dinheiro e objetos dos passageiros, os assaltantes fugiram na moto. Testemunhas contaram à polícia que um dos assaltantes parecia ser menor de idade e usava um revólver calibre 38. O motorista foi levado para Calçoene onde foi estabilizado e transferido para o Hospital de Emergência, em Macapá, onde passou por uma cirurgia nesta madrugada. O estado dele é considerado grave pelos médicos. Ninguém foi preso até agora.

Compartilhamentos