Compartilhamentos

Uma falsa notícia na rede social Whatsapp assustou muita gente em Macapá nos últimos dois dias. Um paciente teria sido atendido no Hospital de Emergência com suspeita de estar com ebola. O boato se espalhou de forma tão intensa pelo Amapá que obrigou a Secretaria de Saúde do Estado e divulgar uma nota desmentindo a “notícia”. Acompanhe abaixo a íntegra da nota.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) através da Coordenadoria de Vigilância em Saúde (CVS) alerta a população sobre um post veiculado nas redes sociais, onde diz que um paciente morreu no Hospital de Emergência (HE) vítima do Vírus Ebola.

A Sesa esclarece que a informação não é verdadeira e de um cunho irresponsável, que tem somente o interesse de alarmar a população. A Sesa informa que, se tal situação ocorresse no Estado iria imediatamente alertar a população, pois o caso é sério e tal situação não pode ser acobertada a nenhum cidadão.

Assim como ocorreu com a febre Chikungunya, quando os primeiros casos foram detectados no município de Oiapoque, a população foi alertada sobre a doença e orientada sobre as formas de contagio e prevenção. Em um possível surgimento do Vírus Ebola no Estado a Sesa tomará providências mais enérgicas e alertará a todos sobre o fato.

Compartilhamentos