Compartilhamentos

Órgãos ligados à segurança pública começaram a definir o planejamento preventivo e de segurança para o dia 16 de fevereiro, data em que a Banda vai estar nas ruas. Um encontro reuniu a cúpula da segurança e do bloco, José Savino, além do secretário de Cultura, Disney Silva.

Cúpula da segurança reunida para tratar do esquema

Cúpula da segurança reunida para tratar do esquema

 

A Banda vai às ruas sempre na Terça-Feira de Carnaval desde 1965, e todos os anos atrai milhares de foliões. Este ano os organizadores do evento estimam a participação de um público superior a 130 mil pessoas.

Para atender a demanda do evento, o Corpo de Bombeiros vai disponibilizar 150 militares. O efetivo vai atuar principalmente na prevenção como observadores de risco e no atendimento com médicos, enfermeiros e socorristas. Os serviços de combate a incêndio e busca e salvamento não sofrerão prejuízo algum por conta dos militares escalados para a ação. O CBM também fará vistorias técnicas nas estruturas que forem montadas no percurso como arquibancadas, tendas e palcos.

Compartilhamentos