Compartilhamentos

De volta I

alberto góes

O pesquisador Alberto Góes, que já foi um dos homens mais influentes nos primeiros mandatos de Waldez, está de volta à administração pública do Amapá, desta vez na Prefeitura de Santana. Na última sexta-feira, 20, assumiu a Secretaria de Governadoria e Planejamento, e já tem carta branca para conduzir uma reforma administrativa.

De volta II

Apesar da grande capacidade de planejamento e organização, Alberto Góes terá dificuldades na nova missão. A prefeitura perdeu R$ 600 mil por mês em ISSQN com a paralisação da atividade mineral, sem falar na cota-parte do ICMS repassado pelo governo do Estado. Também será necessário reverter a imagem negativa de Robson, hoje com mais de 80% de reprovação.

O foco de Roberto 

roberto_goes

Outro Góes, o deputado federal Roberto (PDT), ainda não fez questão de ter espaço no atual governo. Não indicou um só nome. Roberto Góes, que já foi prefeito da capital, tem dito que a prioridade é conseguir recursos para a rede estadual de saúde, para a qual destinou 100% de suas emendas, no total de R$ 10 milhões. Mas evita o assunto sucessão municipal, pelo menos por enquanto.

Unimed Amazonas

unimed_macapa

Prego batido. Está consolidada a transação entre a Unimed Macapá e a Unimed do Amazonas. As duas cooperativas tratam dos detalhes finais do contrato de transferência da estrutura em Macapá e da carteira de clientes. Os usuários, os mais interessados nessa história toda, até agora não foram avisados de nada e continuam reclamando das condições do hospital, situado no Bairro Marco Zero.

Clécio

Pesquisas encomendadas por diferentes partidos políticos tem apontado crescimento razoável na aprovação do prefeito de Macapá, Clécio Luis (Psol). Hoje não é das melhores, mas os números demonstram que há uma evolução positiva contínua.

Teatro “Pádua Borges”

bacabeiras

O governo já teria acenado positivamente para a possível mudança do nome do Teatro das Bacabeiras em Teatro “Pádua Borges”, homenagem a um dos artistas que mais levou público para aquela casa de espetáculos. A sugestão é do deputado federal Cabuçú (PMDB-AP), que formou com Pádua a antológica dupla os Cabuçús. 

Reitoria da Ueap

Cresce o movimento para mudar a reitoria da Ueap. O deputado estadual Pedro da Lua (PSC) tem engrossado o coro daqueles que são favoráveis à anulação da nomeação de Perseu Aparício, o segundo mais votado na eleição da instituição, mas que foi o escolhido pelo então governador Camilo Capiberibe (PSB). O mais votado foi Luciano Araújo.

Compartilhamentos