Compartilhamentos

Depois de 41 dias sem homicídios, o município de Santana (23 quilômetros de Macapá) teve duas mortes numa só madrugada. Os casos ocorreram nas primeiras horas deste sábado, 7, e resultaram de um confronto entre duas gangues.

Lucas morreu ainda no hospital de Santana

Lucas morreu ainda no hospital de Santana

 

O primeiro assassinato ocorreu por volta da meia-noite, na Rua Pastor Jorgina, Bairro Remédios II. Segundo testemunhas, um grupo de rapazes estava conversando em frente a um mercantil depois de uma briga próximo a uma praça quando outro grupo chegou, provavelmente para se vingar da briga.

O segundo grupo era mais numeroso e muitos estavam armados com pedaços de madeira e facas. Pablo Barros Vieira, de 19 anos, foi assassinado com uma facada no pescoço. Não houve tempo de socorrê-lo. Quando a polícia chegou ao local, ele já estava morto.

O conflito continuou durante a madrugada. Por volta das 3h30min, no mesmo bairro, houve novo confronto. Um jovem identificado apenas como Lucas também foi esfaqueado. Ele era um dos suspeitos de participar da morte de Pablo. Lucas morreu no hospital de Santana. Até o início da manhã ninguém havia sido preso por nenhum dos dois crimes.

Compartilhamentos