Compartilhamentos

Equipes do Ibama de Macapá e da prefeitura de Afuá se preparam um dos momentos mais importantes na luta pela preservação dos quelônios da região amazônica. Cerca de 120 mil filhotes, nascidos com proteção e monitoramento de técnicos, serão soltos na natureza no próximo sábado, 21, na Ilha dos Camaleões, arquipélago do Marajó.

A Ilha dos Camaleões é uma área de desova da tartaruga da Amazônia (Podocnemis expansa), localizada na foz do Rio Amazonas. O programa “Quelônios da Amazônia” existe desde 1979, e em 1985 passou a ser realizado na região graças a uma cooperação entre o Ibama Amapá e a prefeitura de Afuá, com apoio de uma empresa paraense exportadora de alimentos.

A soltura será acompanhada por técnicos e estudantes da rede república

A soltura em 2013 acompanhada por estudantes. Fotos: Eliazar Bezerra

Além de ajudar no repovoamento da espécie, o programa visa promover educação ambiental, e conscientização da comunidade ribeirinha sobre a importância da conservação e manejo dos recursos da fauna da região. Os ovos são colhidos nas praias e levados para incubadoras onde ficam protegidos de predadores e caçadores até a eclosão e o momento certo da soltura.

O evento no sábado terá a participação de autoridades ambientais do Amapá e do Pará, além de representantes de empresas privadas, professores e alunos da rede de ensino e pescadores.

Compartilhamentos