Compartilhamentos

Começaram nesta sexta-feira, 12, no interior do Estado, as seletivas do “Arraiá no Meio do Mundo”. O primeiro município a definir seu grupo representante no grande festival em Macapá será Mazagão. Cinco grupos juninos estão na disputa.

As seletivas prosseguem até sábado, 13, no Pólo de Santana, e no dia 14 nos municípios de Porto Grande, Pedra Branca do Amapari, Calçoene, Tartarugalzinho, Ferreira Gomes, Amapá e Oiapoque. Na capital, a primeira seletiva acontece também no dia 14.

“Em Macapá teremos 36 quadrilhas participando das seletivas em quatro dias na estrutura que está sendo montada na Rodovia do Curiaú. As finais acontecerão nos dia 17 e 18”, datou a presidente da Federação das Entidades Folclóricas do Amapá (Fefap), Daiana Ronieli.

As melhores quadrilhas entre as 84 que se inscreveram para as seletivas disputarão as finais na Cidade Junina, no estacionamento do Sambódromo, entre os 26 e 28 deste mês.

Em todo o Estado a estimativa é que a quadra junina gere renda para 15 mil pessoas

Em todo o Estado a estimativa é que a quadra junina gere renda para 15 mil pessoas

“Isso é uma grande mobilização de pessoas de todas as idades, geração de emprego temporário, estudo, e uma série de agentes positivos que agregam na quadra junina”, acrescentou Daiana.

Além do espetáculo, a quadra junina deve gerar renda para 15 mil pessoas em todos os polos do Estado. Em Macapá 100 policiais cuidarão na segurança na Cidade Junina e no entorno.

Compartilhamentos