Compartilhamentos

André Silva –

Falta de manutenção e limpeza em centrais de ar refrigerado em lugares de grande circulação de pessoas podem causar graves doenças respiratórias. A falta de fiscalização nesses ambientes causa o descontrole da qualidade do ar, preocupa profissionais da área e pessoas que frequentam esses espaços.

As grandes cidades com locais fechados como shopping centers, supermercados, cinemas, lojas de departamentos e outros, fazem o uso de grandes centrais de ar com vários metros de dutos por onde circula o ar refrigerado. Mas não é só o ar que circula por dentro deles.

Como fica um duto de ar refrigerado sem limpeza. Fotos: ilustração

Como fica um duto de ar refrigerado sem limpeza. Fotos: ilustração

A falta de limpeza periódica nesse tipo de equipamento acumula poeira, que já é a causa de alergias e inflamações no aparelho respiratório. Com ela vem outros tipos de agentes causadores de doenças como, bactérias, fungos, protozoários, vírus, algas, pólen, e até mesmo resto de animas peçonhentos são encontrados dentro desses dutos de ar gigantescos. Além disso, como não há fiscalização intensa, os controles de poluentes químicos nesses lugares podem estar totalmente alterados, ou seja, o ar pode estar completamente poluído.

“A falta de limpeza desses grandes dutos de ar podem causar doenças respiratórias e de pele. Normalmente a manutenção desses equipamentos tem que ser feito no período mínimo de um ano”, diz o técnico em refrigeração Hamilton Lustosa.

A Resolução nº 9, de 16 de janeiro de 2003, da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), estipula o tempo de limpeza para cada componente dos equipamentos de refrigeração de ambientes. A baixo um quadro ilustra as informações.

Componente Periodicidade
Tomada de ar externo Limpeza mensal ou quando descartável até sua obliteração (máximo 3meses)
Unidades filtrantes Limpeza mensal ou quando descartável até sua obliteração (máximo 3meses)
Bandeja de condensado Mensal
Serpentina de aquecimento Desencrustação semestral e limpeza (trimestral)
Serpentina de resfriamento Desencrustação semestral e limpeza (trimestral)
UmidificadorVentiladorPlenum de mistura/casa de máquinas

 

Desencrustação semestral elimpeza semestralmensal

Para obter mais informações acesse o link da resolução. http://portal.anvisa.gov.br/wps/wcm/connect/d094d3004e5f8dee981ddcd762e8a5ec/Resolucao_RE_n_09.pdf?MOD=AJPERES

Ainda não se tem uma dimensão de quanto o ar desses ambientes tem prejudicando as pessoas que transitam por eles, nem o nível da poluição existente. A limpeza nesses grandes tubos só podem ser feitas com equipamentos especializados e profissionais treinados.

Os equipamentos são muito caros, e talvez por isso o investimento em manutenção fique em último plano. O vídeo abaixo ilustra os passos da limpeza e os equipamentos usados. Hoje o Amapá conta com apenas uma empresa especializada no ramo de limpeza desses grandes equipamentos.

Compartilhamentos