Compartilhamentos

Os organizadores de um evento de rock marcado para a próxima sexta-feira, 11, em Macapá, arrumaram uma bela confusão com a empresa dona do Rock in Rio. Eles foram notificados pela empresa a mudar toda a identidade visual do festival amapaense que usava a marca do festival no Rio de Janeiro sem permissão.

A empresária Roberta Medina, uma das proprietárias da marca Rock in Rio, divulgou nota nesta quarta-feira, 9, informando que o Rio in Rio Amapá não é um evento oficial da marca Rock in Rio. “É ilegal”, resumiu ao jornal O Globo online.

O Coletivo Frente Norte, responsável pelo festival no Amapá, foi notificado e já começou a retirar toda a identidade visual que copiava o evento original.

Em seu perfil no Facebook, o Coletivo Frente do Norte confirma a realização do festival para esta sexta-feira e que foi notificado pelo uso indevido da marca Rock in Rio.

Bandas covers como a versão da californiana System Of Doown

Bandas covers como a versão da californiana System Of Doown estão entre as atrações no AP

“Fizemos todas as adequações necessárias para a realização do evento.
Lembrando que o evento é apenas um encontro da galera que curte as bandas que estão no nosso set”, diz o comunicado.  
O Coletivo diz ainda que não possui vínculo ou acordo com a organização do Rock in Rio.

“Nosso evento é cover e dedicado aos fãs que irão para o festival carioca e desejam se conhecer e formar caravanas, bem como, também para aqueles que não vão, mas que querem curtir um evento de Rock na cidade”.
No Rock in Rio Amazonas, o evento de Macapá, irão se apresentar covers das bandas Metallica, System Of Doown e Nigtwish.

Compartilhamentos