Compartilhamentos

JAIR ZEMBERG –

Um homem foi assassinado em um bar no Bairro Infraero II, Zona Norte de Macapá, na madrugada desta terça-feira, 3. Segundo a polícia, ele era cliente do estabelecimento e teria tentado reagir a um assalto.

O crime ocorreu por volta das 3h, na Rua Carlos Lins Cortes. O bar já estava fechado. O lugar tem uma varanda, onde estava o casal de comerciantes donos do estabelecimento e um cliente que tomava a última cerveja antes de ir embora para casa. Era o caseiro Wagner Rodrigues Maciel de Souza, de 40 anos, natural de Ubajara (CE).

Wagner teria tentado defender os amigos na hora do assalto. Fotos: Jair Zemberg

Wagner teria tentado defender os amigos na hora do assalto. Fotos: Jair Zemberg

Enquanto os três conversavam, dois homens chegaram de repente em uma moto vermelha e pediram uma cerveja. A dona do bar disse que o lugar estava fechado, foi quando o que estava na garupa sacou a arma e anunciou o assalto.

Wagner tentou defender os amigos agredindo os bandidos com uma cadeira. Não deu certo. O assaltante disparou um tiro certeiro na cabeça do caseiro que já tombou morto.

Vizinhos que ouviram o disparo foram para a rua ver o que acontecia e foram ameaçados pelos bandidos que fugiram logo em seguida. Ninguém anotou a placa da moto.  

Equipe da Politec examina o local do crime

Equipe da Politec examina o local do crime

Wagner era muito querido pelos moradores daquela parte do Infraero. Era considerado extremamente trabalhador e responsável, mas quando recebia o pagamento do mês costumava comemorar de forma mais prolongada.

A vítima também trabalhava para um coronel do Bope que foi até o local do crime e disse ser uma questão de honra encontrar os criminosos. O oficial disse que Wagner era como um filho. Nenhum parente dele apareceu no local. O corpo foi removido por uma equipe da Politec.

Compartilhamentos