Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA – 

A professora de Pedra Branca do Amapari, Orcidéia de Oliveira, é uma das participantes do curso de capacitação de gestores municipais, promovido pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento das Cidades, cujo encerramento acontece nesta sexta-feira, 4. A professora quer compreender o funcionamento da administração pública no âmbito municipal.

“Essa capacitação serve para o meu trabalho e para a formação de opiniões. O ideal é despertar o interesse pelo poder público, no sentido de que a sociedade possa saber o que os gestores fazem com os recursos públicos, por exemplo. Quero ser multiplicadora dessa informação para que os gestores trabalhem de fato e de direito”, frisou a professora.

Ocidéia Oliveira: serei multiplicadora desses conhecimentos. Fotos: Cássia Lima

Ocidéia Oliveira: serei multiplicadora desses conhecimentos. Fotos: Cássia Lima

Ao todo, 70 alunos participam do curso que ocorre desde 1ª de dezembro na Escola de Administração Pública do Amapá (EAP). Segundo a coordenação do evento, a capacitação oferta noções práticas da administração a pública, como competências constitucionais, prestação de serviços, planejamento financeiro e controle externo.

“O ideal é que os gestores busquem aperfeiçoar as competências das funções públicas. Abrimos as portas para os cidadãos que têm interesse em conhecer o funcionamento do sistema público. Temos o objetivo de criar um Programa Estadual para a capacitação”, explicou o facilitador e secretário adjunto das cidades, Alessandro Sampaio.

Alessandro Sampaio:

Alessandro Sampaio: os gestores devem aperfeiçoar suas competências

Todas as secretarias municipais foram convidadas, mas apenas algumas mandaram representantes. É o caso do servidor da Secretaria Municipal de Educação de Macapá (Semed), Cosmo Silva, que pretende colocar em prática os conhecimentos adquiridos.

“Tudo isso nada mais é que otimizar tempo e recursos. Esse curso é tanto  para técnicos quanto para a sociedade que está interessada em acompanhar como o dinheiro público é utilizado. Nós, enquanto técnicos, queremos economizar tempo e garantir a eficácia do sistema”, destacou.

Raimunda Coutinho: essa capacitação democratiza

Raimunda Coutinho: essa capacitação democratiza a informação

Para a Raimunda Coutinho, representante do movimento Ser Negra, a capacitação democratiza a informação e ajuda na cobrança de serviços aos gestores.

“Muitas vezes a sociedade quer falar, mas não tem conhecimento específico sobre determinado assunto. Essa capacitação democratiza a informação e para nós que estamos no debate todos os dias, isso é uma forma de engrandecimento na cobrança de melhores serviços aos nossos administradores públicos”.

Compartilhamentos