Compartilhamentos

DA REDAÇÃO 

Um balanço dos primeiros dias de arrecadação do Amapá em 2016 acendeu o alerta vermelho na equipe econômica do governo. O primeiro repasse que o Amapá recebeu este ano do Fundo de Participação dos Estados (FPE) foi R$ 34 milhões menor do que em 2015. Os dados são da Secretaria de Planejamento do Estado (Seplan).

Em janeiro de 2015, o repasse foi de R$ 126 milhões. Em 2016 chegou a pouco mais de R$ 92 milhões. Se comparado com 2014, quando a parcela foi de R$ 138 milhões, o cenário fica ainda pior. 

Secretário de Planejamento, Antônio Teles Júnior: alerta vermelho

Secretário de Planejamento, Antônio Teles Júnior: alerta vermelho. Foto: Arquivo

No total, em 2015, o Amapá recebeu R$ 2,6 bilhões em FPE, ou seja, 5% mais do que em R$ 2014, só que R$ 43 milhões menor do que o previsto. 

“Em termos reais, considerando a inflação de onze por cento medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, a perda líquida de receita ficou em menos seis por cento”, observou o secretário de Planejamento do Amapá, Antônio Teles Júnior.

As arrecadações próprias em 2015 também foram inferiores a 2014. De ICMS, por exemplo, foram R$ 777 milhões, e em 2014 mais de R$ 849 milhões, representando uma variação negativa de 8,48%. O mesmo ocorreu com o IPVA, que ficou com apenas R$ 500 mil abaixo da previsão. 

Compartilhamentos