Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

No último fim de semana 14 adolescentes foram encaminhados ao Conselho Tutelar da Zona Sul de Macapá por estarem em lugares impróprios consumindo bebida alcoólicas. Além disso, os proprietários de três bares e boates foram autuados por descumprir o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Esse foi o balanço da primeira fiscalização do ano realizada pelo Comissariado da Infância e Juventude de Macapá.

O trabalho foi realizado com apoio da Polícia Militar Guarda Municipal e Conselhos Tutelares da Zona Norte e Sul. Durante a vistoria, o principal foco foram os bares e boates da Zona Sul da capital.

Pelo menos três proprietários de bares e boates foram autuados. Fotos: Ascom/Tjap

Pelo menos três proprietários de bares e boates foram autuados. Fotos: Ascom/Tjap

Nas fiscalizações desse fim de semana foi detectada uma grande quantidade de adolescentes em bares e boates sem nenhum tipo de controle e, mais grave, a venda de bebidas alcoólicas para esses jovens.

O objetivo da ação, além de coibir a permanência de adolescentes nesses estabelecimentos, visa, também, ajudar na fiscalização do horário de funcionamento e na verificação de toda carga documental necessária exigida pelos órgãos municipais.

O coordenador do Comissariado da Infância e Juventude, Virgílio Vieira, explicou como funciona o processo de inspeção desses estabelecimentos.

“A nossa intenção é cumprir a determinação do juiz editada em Portaria onde proíbe a presença de crianças e adolescentes em boates e bares, e também, qualquer outra irregularidade se constatar durante a noite, colocando crianças e adolescentes em situação de risco”, explicou o coordenador.

Compartilhamentos