Compartilhamentos

SELES NAFES

Uma das primeiras mortes violentas de 2016 foi de um foragido da Justiça durante uma ação do Batalhão de Rádio Patrulhamento Motorizado (BRPM) nesta sexta-feira, 1º, no Bairro Zerão, Zona Sul de Macapá. Os policiais tinham cercado a casa dele depois que uma vítima do criminoso reconheceu a moto usada no crime. O veículo estava estacionado na garagem dele.

Banido usava um uniforme de mototaxista quando foi alvejado pelos policiais

Bandido usava um uniforme de mototaxista quando foi alvejado pelos policiais

A vítima estava passando pela área de pontes da Rua Inspetor Antônio Oliveira quando avistou a moto. Era a mesma motocicleta usada pelo criminoso que o assaltou dias atrás. A vítima tinha memorizado a numeração da placa e chamou a polícia.

O Ciodes acionou uma equipe do BRPM que estava perto do local e os policiais fizeram o cerco à casa. Os policiais afirmam que o criminoso atirou contra a guarnição três vezes, mas o revólver do criminoso falhou no terceiro tiro. Houve revide.

Jeovandro de Oliveira Maciel, o “Gel”, de 37 anos, foi alvejado com dois tiros no peito e levado pelos próprios policiais até o Hospital de Emergência onde morreu durante atendimento.

Gel era natural de Manaus (AM) e tinha condenações por roubo, homicídio, furto, tráfico de drogas e outros crimes. Era foragido do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen). Além da arma que estava com ele, um revólver calibre 38 com duas munições deflagradas, os policiais encontraram munições de outros calibres e 11 papelotes de cocaína.

Em consulta ao sistema de segurança pública, os policiais descobriram que a placa da moto era falsa. O verdadeiro proprietário do veículo ainda não foi localizado. 

Compartilhamentos