Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Policiais Militares prenderam na tarde deste domingo, 8, um homem de 20 anos que estava foragido havia mais dois anos do Centro Socioeducativo de Internação Masculina (Cesein). Todos achavam que ele estava morto.

Oberdan Luiz Vieira Lima, de 20 anos, ia completar 18 anos quando fugiu do Cesein onde estava por assalto. Depois de alguns meses, policiais receberam de parentes dele a informação de que Oberdan havia sido assassinado. No entanto, tudo não passava de mentira.

Nos últimos dias, o 6º Batalhão da Polícia Militar do Amapá passou apertar o cerco atrás de um bandido que estava aterrorizando os moradores do Bairro Cidade Nova, na Zona Leste de Macapá, cometendo furtos e assaltos.

Sargento Jorge Sá: choro é costumeiro. Fotos: Olho de Boto

Sargento Jorge Sá: choro é costumeiro. Fotos: Olho de Boto

Neste domingo, policiais receberam uma denúncia anônima informando que o assaltante havia fugido para a Zona Norte com medo de ser preso. O informante também indicou o endereço da casa onde ele estava escondido.

Os policiais foram até o local e descobriram que se tratava de Oberdan.

Ao ser apresentado no Ciosp do Pacoval, o bandido chorou.

 “É sempre assim. Isso é migué. Ele costuma chorar quando é preso afirmando que está trabalhando, que não está cometendo crimes. Mas isso não amolece o nosso coração. Agora ele vai pagar pelos crimes que cometeu”, disse o sargento Jorge Sá, do 6º BPM, que comandou a prisão.

Compartilhamentos