Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

A prefeitura de Macapá e a Caixa Econômica Federal entregaram nesta sexta-feira, 10, os 1.440 apartamentos do Residencial São José, localizado no Bairro do Buritizal, Zona Sul da capital. É a maior obra habitacional da história da prefeitura da capital.

Além de muita festa, a entrega contou com discursos sobre a preservação do espaço. Os moradores já começam a pagar a mensalidade este mês.

Conjunto ficou pronto depois de quase 3 anos. Obras elétricas da CEA atrasaram a entrega

Conjunto ficou pronto depois de quase 3 anos. Obras elétricas da CEA atrasaram a entrega

Solenidade de inauguração terminou no fim da manhã

Solenidade de inauguração terminou no fim da manhã. Fotos: Cássia Lima

O São José é o segundo habitacional entregue pela prefeitura de Macapá em menos de três anos. O primeiro o Mestre Oscar, na Zona Norte. O São José estava sendo construído desde 2013 pela prefeitura em parceria com o Governo Federal, e contém 72 blocos com 5 pavimentos. Cada apartamento possui área privativa, dois quartos, sala, cozinha e área de serviço.

“Isso aqui foi construído com o melhor material e muito carinho para cada família. Nós queremos que o residencial tenha alma da população por isso homenageamos as pessoas daqui nos nomes das ruas. As famílias daqui vão passar a viver bem e tem que cuidar do espaço também”, frisou o prefeito de Macapá, Clécio Luis (Rede).

Conjunto será gerenciado por um grupo especialmente criado, mas moradores precisarão pagar taxa de condomínio

Conjunto será gerenciado por um grupo especialmente criado, mas moradores precisarão pagar taxa de condomínio

Cada família sorteada pagará parcelas mensais que variam entre R$ 25 (mínimo) e R$ 75 (máximo) por até 10 anos, além de água, luz e taxa de condomínio que ainda não está definida.

Diferente do Mucajá, no habitacional São José a manutenção será gerida pelo Projeto de Trabalho Técnico Social (PTTS) que é coordenado pela prefeitura e fará um diagnóstico das famílias com conscientização pedagógica e social. A Caixa Econômica também fará a gestão condominial, e ainda esse mês os síndicos serão escolhidos.

Cada um dos 72 blocos possui cinco pavimentos

Cada um dos 72 blocos possui cinco pavimentos

A prefeitura fará o trabalho de coleta de lixo e transporte público. O comitê gestor do Programa Minha Casa, Minha Vida fará o atendimento e fiscalização dos apartamentos após a mudança. A ideia é evitar possíveis casos de venda e aluguel de apartamentos para terceiros, como já ocorreu em conjuntos habitacionais como o Mucajá e Macapaba.

Açucena

De acordo com o Comitê Gestor, o residencial Jardim Açucena, localizado na comunidade de Cuba de Asfalto, no Bairro Novo Buritizal, será entregue até o fim do ano. O conjunto terá 1.500 unidades habitacionais e deve abrigar mais de seis mil pessoas. 60% das obras estão concluídas.

Compartilhamentos