Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

A Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan) divulgou na manhã desta quarta-feira, 20, que o Banco do Brasil só irá realizar o desconto da primeira parcela do 13º salário em novembro. A decisão é dos bancos atendendo a um pedido do governo do Estado.

Até a terça-feira, 19, apenas a Caixa Econômica Federal havia aceitado o pedido do governo do Estado para adiar o desconto dos empréstimos feitos por servidores que esperavam receber a 1ª parcela do 13º salário agora em julho.

“O Banco do Brasil cedeu a proposta do Governo de fazer esse desconto na data legal do 13º, que é dia 20 de novembro. Isso dá um alivio aos servidores nesse momento de tensão por que muitos estavam com receio de que esses valores pudessem ser descontados do salário do mês vigente”, explicou o secretário de planejamento, Antônio Teles Júnior.

No Amapá, dos 33 mil funcionários, 6.890 servidores, ou seja,  22% do total, realizaram a antecipação do 13º salário. A maioria dos empréstimos foi efetuada no Banco do Brasil, e apenas 200 servidores solicitaram antecipação na Caixa Econômica.

“Esses casos pontuais vamos dialogar com os bancos, mas os servidores podem ficar tranquilos que não vão sofrer com esses descontos”, garantiu Teles.

O empréstimo é sempre quitado automaticamente nos salários quando o governo paga. No entanto, este ano, ainda não existe uma data para o pagamento da primeira parcela. A Seplan comunicou ainda que a data será divulgada em breve.

Compartilhamentos