Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Em nota emitida na sexta-feira, 8, o Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap) anunciou a suspensão do reajuste referente a data-base de 2016 por tempo indeterminado. O reajuste já havia sido suspenso no final de abril, pelo prazo de 90 dias.

De acordo com a nota assinada pela desembargadora Sueli Pini, presidente do Tjap, a grave crise econômica nacional e local teria sido o principal fator para a suspensão do reajuste salarial dos servidores do judiciário amapaense.

Suspensão do reajuste salarial é por tempo indeterminado

Suspensão do reajuste salarial é por tempo indeterminado

“Exauridos os noventa dias de suspensão, só houve agravamento da situação econômico-financeira do Estado do Amapá e, por conseguinte, do Tribunal de Justiça, impondo severas restrições de recursos”, ressalta a nota.

Crise econômica foi a vilã para o não aumento salarial

Crise econômica foi a grande vilã para o não aumento dos salários

O documento ressalta ainda que o repasse de recursos referente ao mês de junho, não foi feito integralmente pelo governo. E que se continuar sendo feito de forma parcelada, “ensejará a adoção de medidas ainda mais severas, passando por parcelamento de salários”.

Por fim, o Tribunal destaca que conseguiu pagar a primeira parcela do 13º salário dos servidores e magistrados, e que até o momento vem honrando com suas obrigações contratuais.

Compartilhamentos