Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Professores e alunos da Escola Estadual Cecília Pinto, no Bairro do Buritizal, Zona Sul de Macapá, viveram momentos de terror na noite de quinta-feira, 8, quando criminosos invadiram a escola para roubar. Alunos foram ameaçados com armas e um professor foi ferido durante a confusão.

A invasão ocorreu por volta das 21h, depois que uma guarnição de Policiamento Escolar do 6º Batalhão da PM saiu do local para fazer a ronda em outra escola.

Mesmo com um vigilante (desarmado), os bandidos entraram gritando e mandando todos se renderem. Eles invadiram salas de aula roubando celulares, notebooks e dinheiro.

Um professor tentou dialogar com os criminosos e foi ferido com uma facada. O ferimento não foi grave, e o servidor já foi liberado. O computador portátil dele foi levado pelos criminosos.

Escola vazia após o assalto: segunda vez em seis meses

Escola vazia após o assalto: segunda vez em seis meses

“Eu estou em choque. Foi na turma que eu havia acabado de sair. Foi a segunda vez em seis meses. O professor foi ferido, está bem, mas está abalado psicologicamente”, disse uma aluna.

“Nossa escola acaba de ser assaltada. Machucaram o professor Alex, bateram nele”, avisou outra aluna chorando pelo Whatsapp.

Segundo testemunhas, os três criminosos armados com terçados, faca e uma arma de fogo usavam camisas para cobrir os rostos.

“O ladrão puxou a arma pra banda dela e ela quase morre do coração. Está totalmente em pânico. O nosso país está uma calamidade. Tinha que botar esses moleques pra trabalhar. Eu trabalhei e não sou bandido”, disse o marido de uma das alunas.

A PM ainda não anunciou prisões.

 

Compartilhamentos