Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

O arquipélago do Bailique foi o local beneficiado com a primeira etapa da ação “Rios de Cidadania”, realizada pelo 4º Distrito Naval da Marinha em parceria com o Governo do Estado do Amapá. Foram executados mais de 9 mil atendimentos entre os dias 17 e 24 de agosto.

A área da saúde foi a que teve maior demanda. Foram mais de sete mil atendimentos, além da distribuição de 8.995 medicamentos.

Os serviços de cidadania totalizaram 2.342 atendimentos, como a emissão da 1ª e 2ª via da carteira de identidade e cartão do SUS.  

Já a Defensoria Pública do Estado conduziu mais de 80 atendimentos em trabalhos como o de reconhecimento de paternidade, pedido de pensão alimentícia, indenização, audiências e orientações jurídicas e conflitos de terra.  

A Marinha também disponibilizou pequenas lanchas para as regiões onde a embarcação não teve acesso. Cerca de 150 pessoas entre civis e militares participaram da ação.

A “Rios de Cidadania” contou com o suporte do Navio-Auxiliar Pará, embarcação toda adaptada com consultório médico, odontológico, laboratórios e equipamentos como ultrassonografia e mamografia. 

Os atendimentos foram feitos por equipes da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), Defensoria Pública do Estado do Amapá (Defenap) e do Sistema Integrado de Atendimento ao Cidadão (Siac).

A segunda etapa do “Rios de Cidadania” está prevista para acontecer em novembro.  Dessa vez, o município de Mazagão e adjacências será contemplado com serviços de saúde, cidadania e jurídicos ofertados pelo Governo do Estado, Prefeitura de Mazagão, Ministério Público e Tribunal de Justiça do Estado do Amapá (Tjap).

Compartilhamentos