Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

A adolescente Daycyane de Oliveira Matias, de 12 anos, que havia sumido desde a tarde da última terça-feira, 8, reapareceu na residência do pai na terça-feira, 15. Ela disse que estava na casa de uma amiga.

Daycyane foi vista pela última vez saindo da escola. Fotos: arquivo pessoal

Daycyane foi vista pela última vez saindo da escola. Fotos: arquivo pessoal

A mãe, que acreditava que a menina estaria na companhia do namorado, de 18 anos, disse que vai passar a guarda da adolescente para o pai.

É a segunda vez que Daycyane some sem deixar pistas. Da última vez, ela disse para a mãe que estaria na casa de uma amiga, o que não a convenceu. Esse segundo sumiço durou uma semana.

“Ela apareceu ontem (terça) na casa do pai dizendo que estaria na casa da amiga. Mas ela nunca diz onde essa amiga mora. Nem pra conselheira ela quis dizer da última vez”, contou a mãe, Benevânia de Oliveira Costa Matias, de 35 anos.

Após segundo desaparecimento sem dar explicações, mãe pretende entregar guarda de Daycyane para o pai

Após segundo desaparecimento sem dar explicações, mãe pretende entregar guarda de Daycyane para o pai

A mãe diz que ela não explica o motivo das constantes fugas, mas desconfia que a filha é influenciada pelo suposto namorado.

Dias depois do desaparecimento da adolescente, o portal SELESNAFES.COM entrou em contato com o rapaz que dizia ser inocente. Ele não quis se identificar e disse que estava em Cayenne, na Guiana Francesa, na semana do desaparecimento.

O garoto disse também que não namora mais a garota e chegou a sugerir que Daycyane estivesse na casa de um outro rapaz, conhecido como Dudu.

Família temia pela segurança da garota

Família temia pela segurança da garota

“Ela não é mais minha namorada. Faz tempo que não a vejo. A mãe dela e o tio dela me ligaram e fizeram ameaças, mas expliquei que ela não estaria comigo e sim com um tal de Dudu que mora em Santana”, argumentou o rapaz.

De acordo com os familiares de Daycyane, depois de reaparecer, a menina já mudou para a casa do pai. 

Compartilhamentos