Compartilhe

De Santana, FERNANDO SANTOS

Há uma semana, o semáforo que fica na Rua Ubaldo Figueira, esquina com a Avenida Princesa Izabel, Centro do município de Santana, está com defeito. Detalhe: a cidade inteira tem apenas dois semáforos.

Sem o equipamento o trânsito ficou ainda mais complicado e perigoso, especialmente em horários de pico. O cruzamento é um dos pontos da cidade que tem a maior movimentação de pedestres, ciclistas e veículos.

O mototaxista Patrick Oliveira, diz que já presenciou vários acidentes no cruzamento.

Sinaleira de pedestres foi quebrada por vândalos

Sinaleira de pedestres foi quebrada por vândalos

“Com a sinalização problemática, tem motoristas que não respeitam. É importante que alguém possa tomar providências para evitar acidentes, principalmente com os pedestres”, enfatizou.

Marcas de vandalismo também são explícitas no equipamento. A caixa da sinalização de pedestres está quebrada.

O novo gestor da Superintendência de Trânsito e Transportes de Santana (STTrans), Josinei Pereira Alves, informou que a equipe técnica que cuida da manutenção dos semáforos já está fazendo o levantamento do que precisa para o equipamento ser consertado.

Mototaxistas já viram vários acidentes

Mototaxistas já viram vários acidentes

Adálvaro Cavalnte com Dom Pedro, Centro. Fotos: Fernando Santos

Cruzamento da Adalvaro com Avenida Princesa Izabel vai receber semáforo. Fotos: Fernando Santos

Outro será instaladoo na Walter Lopes da Cruz com Salvador Diniz

Outro será instalado na Walter Lopes da Cruz com Salvador Diniz

Salvador Diniz com Dom Pedro

Salvador Diniz com Dom Pedro

“Vamos tentar sanar de imediato o problema do semáforo da Ubaldo Figueira. São apenas 2, mas já ajudam na cidade”, informou o superintende.

A STTrans pretende implantar no município outros 3 semáforos; Na Rua Adálvaro Alves Cavalcante com Avenida Princesa Izabel; Rua Salvador Diniz com Avenida Dom Pedro e na Avenida Walter Lopes da Cruz com Salvador Diniz. Os três cruzamentos ficam na região central da cidade e já registraram acidentes graves, alguns com vítimas fatais.

“Já tem um estudo feito que aponta carência se semáforos para esses cruzamentos. Vamos buscar uma forma de adquirir esses equipamentos no segundo semestre”, concluiu.

Nova equipe da STTrans

Novo gestor da STTrans (centro)

Compartilhe