Compartilhamentos

De Santana, FERNANDO SANTOS

A Central do Carnaval foi inaugurada no final da tarde desta quarta-feira, 08 em Santana, localizada a 17 quilômetros de Macapá.

Ela é uma base fixa que comporta lojas de venda de abadás além de ser espaço de reuniões da coordenação e liga de blocos do carnaval do segundo município mais populoso do Amapá.  o espaço fica localizado na Avenida Santana, Área Comercial da cidade.

Prefeito Ofirney Sadala prestigiou inauguração da central. Fotos: Fernando Santos

Prefeito Ofirney Sadala prestigiou inauguração da central. Fotos: Salomão Neto

Mesmo sem investimentos direto da administração local, o prefeito Ofirney Sadala (PSDC), garante que a festa vai fomentar a economia.

“Eu sempre soube da importância do carnaval para o povo de Santana e para o Estado do Amapá. Este ano, sem o desfile das Escolas de Samba em Macapá, nós não poderíamos deixar Santana sem o carnaval. Realmente, uma decisão que você tem coragem, porque; de um lado o MP dizendo que não pode tocar em dinheiro público para fazer o carnaval, de outro, a oposição reclamando. Mas a gente tinha que tomar a decisão, e tenho certeza que vai gerar renda para os menos favorecidos”, garantiu o prefeito Ofirney Sadala.

Serão 4 noites de folia, entre os dias 25 e 28 de fevereiro. A expectativa do presidente da Liga Independente dos Blocos de Micareta de Santana (Liblomica), Marco Cardoso, é de 50 mil pessoas por noite. A venda de abadás dos 6 blocos que irão participar, já está disponível na Central do Carnaval.

“É o ponta pé inicial do carnaval. A inauguração da Central do Carnaval representa a união de todos os blocos para fazer o melhor carnaval 2017. Quando tem carnaval em Macapá, em média aqui dá 30 mil pessoas, mas como lá não vai ter, esperamos cerca de 50mil pessoas por noite em Santana esse ano”, informou o presidente da Liblomica.

Empresariado espera receber até 50 mil pessoas em Santana sem o carnaval de Macapá

Empresariado espera receber até 50 mil pessoas em Santana sem o carnaval de Macapá

Empresários locais estão esperançosos. Para a presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas em Santana (CDL-STN), Adelaide Feitosa, o carnaval servirá como uma vitrine para engrandecer os negócios.

“É um momento para que o nosso empresário local possa participar e estar com seu nome em evidência. Afinal, nós estamos no melhor carnaval do Norte. Então, se você perder uma oportunidade dessa de colocar sua marca numa festa dessa que vamos ter milhares de pessoas no corredor da folia. Essa festa movimenta o comércio. É disso que precisamos”, garantiu Adelaide Feitosa, presidente da CDL-Santana. 

Compartilhamentos