Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) informou, por meio de nota, nesta quinta-feira, 9, que os exames para dengue, realizados nos pacientes com suspeita em Oiapoque, no norte do Amapá, incluindo o caso de Helber Henrique, de 30 anos, agente penitenciário no município, deram negativos.

Com os resultado, a secretaria diz ainda que está descartada a forma grave da doença no estado.

Cenro de Custódia do Município chegou a ser burrifado para evitar novos casos. Fotos: Humberto Baía

Cenro de Custódia do Município chegou a ser borrifado para evitar novos casos. Fotos: Humberto Baía

Na semana passada, Helber Henrique havia sido diagnosticado com dengue hemorrágica no hospital de Oiapoque. O agente penitenciário tinha febre e diarreia e chegou a ser transferido em aeronave para Macapá, mas não resistiu.

O caso gerou apreensão no município e havia outros casos suspeitos. A causa das complicações hemorrágicas que levaram Helber Henrique a óbito não foram ainda reveladas e estão sob investigação, segundo a Sesa.

O Centro de Custódia de Oiapoque, também chamado de “minipresídio”, local onde ele trabalhava, chegou a ter todo  o prédio borrifado por agentes de endemias, para evitar possíveis novos casos de contaminação.

Compartilhamentos