Compartilhamentos

De Oiapoque, HUMBERTO BAÍA

Em Oiapoque, município localizado a 600 quilômetros de Macapá, a população está alarmada com o avanço da dengue. Na semana passada, um agente penitenciário morreu de complicações hemorrágicas depois de contrair a doença.

A direção do Centro de Custódia de Oiapoque, também chamado de “minipresídio”, solicitou em caráter de urgência à Secretaria de Saúde do Município a borrifação do prédio e das celas onde ficam os detentos 

“Tivemos que remover os detentos para borrifar as celas e garantir a saúde de todos, tanto internos como dos servidores”, explica Carla Costa dos Reis, chefe do centro. O trabalho foi feito nesta terça-feira, 6, com apoio da Polícia Militar.

Agente de endemias do município fazem averiguação em celas do centro de custódia: Fotos: Humberto Baía

Agente de endemias do município fazem averiguação em celas do centro de custódia: Fotos: Humberto Baía

Agentes de endemias fizeram trabalho preventivo após morte de agente penitenciário

Agentes de endemias fizeram trabalho preventivo após morte de agente penitenciário

No total, 38 presos estão cumprindo penas no minipresídio, sendo quatro mulheres.

A vítima que morreu de dengue, Helber Henrique, de 30 anos, trabalhava há cinco anos como agente penitenciário em Oiapoque. Na semana passada, ele teve febre e diarreia.

Ele deu entrada no hospital da cidade e logo foi diagnosticado com dengue hemorrágica. O agente chegou a ser transferido de Oiapoque em aeronave  para Macapá, mas não resistiu.

Uma das celas do minipresídio: 38 detentos

Uma das celas do minipresídio: 38 detentos

Policiais militares garantem segurança durante trabalho dos agentes de endemias

Policiais militares garantem segurança durante trabalho dos agentes de endemias

A Vigilância Sanitária de Oiapoque fará durante a semana um mutirão preventivo no centro de custódia. Testes rápidos e exame de sangue serão oferecidos aos internos e funcionários.

No hospital da cidade, outros possíveis casos de dengue hemorrágica estão sob investigação. A Secretaria de Saúde do município também planeja um grande mutirão para evitar novos casos.

Compartilhamentos