Compartilhamentos

SELES NAFES

Colecionar objetos antigos não inclui apenas revistas, livros, bonés, discos de vinil e carros. Em Macapá, o pessoal que adora bicicleta também tem algumas relíquias guardadas em casa, que eles irão colocar na rua no próximo domingo, 19, para um momento de pura nostalgia. O passeio vai terminar com piquenique.

“Esse movimento existe no mundo todo, e é chamado de pedal chiqu. As pessoas se vestem com roupas das décadas de 20 até os anos 80”, explica um dos coordenadores do passeio, Jair Borges, de 43 anos, que é pedagogo.

Visual de época é obrigatório. Fotos: Flávio Cavalcante

Visual de época é obrigatório. Fotos: Flávio Cavalcante

Mas a bicicleta não precisa ser antiga

Anos 80: mas a bicicleta não precisa ser antiga

Não existem muitas bicicletas antigas em Macapá. A maioria é da década de 80, como a Monareta e a Barra Circular, mas algumas são muito antigas, como uma dos anos 60 que um dos organizadores possui e pertencia a um padre.

Para participar do passeio não é preciso ter uma bicicleta antiga. Basta ter a bicicleta, claro, e estar vestido a caráter. Serão o terceiro Pedral Retrô Chic. O primeiro foi realizado em 2015. 

Jair Borges, um dos coordenadores: movimento mundial

Jair Borges, um dos coordenadores: movimento mundial

Participantes com visual do passado

Participantes com visual do passado

Os colecionadores de carros antigos também deverão participar abrindo e fechando o passeio. O Clube do Fusca já confirmou presença.

“Todos os anos vai um carro na frente, depois os ciclistas e os carros atrás”, explica Borges.

O Pedal Retrô Chic tem saída e chegada na Praça Floriano Peixoto, a partir das 15h30min. Não é necessário se inscrever. Basta aparecer.

bike 4

Casal anos 20

Compartilhamentos