Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Bebidas vendidas irregularmente nas ruas que foram apreendidas pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (Semduh) foram destruídas na manhã desta terça-feira, 4. As Latas e garrafas não tinham procedência comprovada e foram destruídas no aterro sanitário.

Segundo a Semduh, as bebidas irregulares trazem riscos para a saúde. Ao todo, eram mais de 100 itens, e alguns produtos estavam com a data de validade vencida e outros tinham o rótulo falsificado.

Bebidas descartadas no lixo. Fotos: ascom PMM/divulgação

Bebidas foram descartadas no lixo. Fotos: ascom PMM/divulgação

“O consumidor tem que ficar de olho na procedência das bebidas vendidas na rua”, enfatizou a secretária de Desenvolvimento Urbano, Telma Miranda.

De acordo com os dados da secretaria, em fevereiro foram destruídos cerca de 200 itens. O material é resultado de ações diárias da Semduh e também das que são feitas em conjunto com as demais secretarias municipais, que visam o ordenamento urbano.

“Quem não possui cadastro tem todo material recolhido pela fiscalização”, frisou a secretária.

Ela orienta os comerciantes a procurarem regularizar suas compras e o consumidor fiscalizar. No caso de lanchonetes que estiverem vendendo bebida alcoólica, é aplicada notificação e multa. Na reincidência, o proprietário pode até perder a licença.

Compartilhamentos