Compartilhe

DA REDAÇÃO

Foram presas em flagrante duas pessoas suspeitas de vender consultas, exames e laudos no Hospital de Clínicas Dr. Alberto Lima (Hcal). Policiais militares infiltrados prenderam a dupla, que integra uma quadrilha que atua no esquema, na quinta-feira, 6, no momento da marcação de consultas, quando também tiveram a venda dos serviços oferecidos.

Consultas, dinheiro, laudos, exames e documentos falsos foram encontrados com os suspeitos. Inclusive laudos já diagnosticados por médicos.

Documentos falsos, consultas, exames e laudos apreendidos com a dupla. Fotos: Marcio Pinheiro (Secom/divulgação)

Documentos falsos, consultas, exames e laudos apreendidos com a dupla. Fotos: Marcio Pinheiro (Secom/divulgação)

A polícia chegou aos acusados através de denúncias anônimas. Pacientes e profissionais do setor de marcação de consulta se queixavam do grupo que atuava nas filas pegando senhas para consultas e exames de todas as especialidades. Quando as fichas disponíveis acabavam, a quadrilha entrava em ação para comercializar as que haviam conseguido.

Os criminosos tinham até uma tabela de preços para vender os serviços por especialidade. Consultas para neurologista, por exemplo, era vendida à R$100 e gastroesteriologista à R$50. Exames, como ultrassom de abdome total, era ofertados à R$30 e laudo para o INSS era vendido à R$250.

A comercialização ilegal já era investigada há três meses e, a partir das denúncias, sete pessoas foram identificadas.

“As investigações revelaram que o chefe da quadrilha foi um dos que nos abordou vendendo a consulta, junto com eles, mais cinco pessoas atuavam nas vendas”, explicou o Capitão Rômulo Ferreira, do Grupo de Apoio Técnico (GAT), formado por militares e servidores da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

Os acusados foram levados para o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), do bairro Pacoval. De acordo com o Capitão Rômulo Ferreira a investigação será aprofundada para identificar se há mais pessoas envolvidas, inclusive servidores e médicos. Os laudos, já com o diagnóstico médico serão analisados se são verdadeiros.

Compartilhe