Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

O Clube do Remo entrou em campo para se defender e segurar a vantagem da vitória por 2 x 1 em Belém na semana passada. Não deu certo. Motivado e mais organizado em campo, o Santos aplicou uma goleada e despachou da Copa Verde o “Leão do Norte”, na noite desta segunda-feira, 3. O jogo já é considerado histórico para o futebol do Amapá.

Retrancado, o Remo não teve outra alternativa se não segurar o ataque do Santos que usava lançamentos para dentro da área do time paraense. Fabinho tocou encobrindo o goleiro André Luís abrindo o placar.

O primeiro tempo terminou com o Santos liderando por 1 x 0. O Remo, que tinha começado a partida precisando apenas de um empate, iniciou o segundo tempo tomando a iniciativa, mas sempre esbarrando na zaga do Santos que contou muito com o goleiro Axel.

Santos se mostrou mais organizado em campo. Fotos: Erich Macias

Santos se mostrou mais organizado em campo. Fotos: Erich Macias

santos 1

Remo precisava de um empate

Num contra-ataque rápido, Denilson deslocou André Luis ampliando o placar. Com dois a zero no marcador, o Remo ainda poderia levar o jogo para os pênaltis se fizesse apenas um gol. As chances foram para o ralo quando Batata (foto em destaque), aos 40 minutos, cobrou uma falta que mais parecia uma pintura. 3 x 0.

A torcida do Remo ficou em silêncio no Estádio Zerão, e depois ensaiou uma vaia no time paraense que havia recebido calorosamente na tarde do último domingo, no Aeroporto Internacional de Macapá. 

Com a vitória, o Santos está nas semifinais da Copa Verde, e aguarda pelo vencedor do confronto entre Paysandu e Águia, ambos do Pará O jogo será nesta terça-feira, 4, em Belém. 

Apesar da polêmica sobre o preço dos ingressos, um grande público acompanhou a partida

Apesar da polêmica sobre o preço dos ingressos, um grande público acompanhou a partida

Compartilhamentos