Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Uma obra do Plano de Mobilidade Urbana do Estado que estava sendo executada na Avenida Carlos Lins Cortes, no Bairro Infraero II, zona norte de Macapá, parece estar abandonada. É o que imaginam os moradores dos três bairros cortados pela via: InfraeroII, Ilha Mirim e Parque dos Buritis.

Eles dizem que há mais ou menos um ano os trabalhos por lá pararam. Neste mesmo período, o portal SELESNAFES.COM noticiou que várias crateras se  espalharam ao longo da pista que há pouco tempo havia sido asfaltada.

“Algumas partes da rua estão boas outras não, devido a péssima qualidade do asfalto. Se eles terminassem o serviço seria ótimo”, considerou Felipe Douglas, de 19 anos,  morador do Bairro Infraero II.

Felipe Douglas: parte da rua abandonada. Fotos: André Silva

Ilha Mirim

O trecho que passa pelo Bairro Ilha Mirim foi asfaltado, mas parte da capa asfáltica começou a ceder e os buracos começaram a aparecer. Praticamente todo o trecho que compreende o bairro recebeu meio fio, mas boa parte também está danificada.

“A gente queria que o serviço fosse concluído”, queixou-se Amélia Soares Brito, de 54 anos.

Placa indica quase R$ 60 mil gastos no projeto

Parque dos Buritis

A Rua Raimundo Ramos da Silva, esquina com a Carlos Lins Cortes, tem um ponto crítico: um grande buraco se formou bem na esquina e impede a passagem dos ônibus que estão tendo que incluir outra rua no itinerário.

“Esse buraco traz muitos problemas para a comunidade até porque os ônibus não passam mais por aqui e a culpa não é da empresa”, protestou Paulo Sergio, de 50 anos.

Paulo Sérgio: ônibus não passam mais na rua

A Rua Carlos Lins Cortes tem 4,4 quilômetros de extensão e o plano prevê que todo esse trecho receba serviços de drenagem , terraplanagem e asfaltamento. A Secretaria de Transportes do Estado é a responsável pelo serviço.

Por meio da assessoria de comunicação ela informou que as obras serão retomadas no segundo semestre deste ano. E que a via passará por um procedimento chamado de reciclagem que a prepara para receber a capa asfáltica.

Setrap disse que obra será retomada

Compartilhamentos