Compartilhamentos

SELES NAFES

O ex-prefeito de Santana, Antônio Nogueira, confirmou o resultado anterior, cancelado pela direção nacional do PT, e foi novamente eleito presidente do partido no Amapá. Ele usou seu prestígio particular dentro do governo do Estado para conquistar mais apoio e ampliar seu número de votos.

A eleição foi realizada no último sábado (17), em Macapá. Das quatro chapas, duas tinham candidatos à presidência da executiva estadual, uma encabeçada por Nogueira e a outra por Anne Távora.

Nogueira teve 96 votos contra 81 da rival. Dois pedidos de impugnação que ainda serão julgados contra a chapa da concorrente, um deles por suposta quebra do sigilo do voto.  

A quantidade de votos ajudou o grupo de Nogueira a ter 20 dos 37 cargos do diretório estadual. Os outros grupos rivais somam 17 representantes.

Na primeira eleição, realizada em maio, Nogueira também venceu, mas o pleito acabou sendo cancelado depois de um tumulto no dia da votação. A principal disputa era com o presidente anterior, Joel Banha.

Com a nova eleição, Nogueira não apenas assume o comando do PT no Amapá como também aumenta o prestígio particular e da legenda para negociar mais espaço dentro do governo do Estado. Foi, aliás, com essa estratégia que ele conseguiu aumentar seus votos na disputa pela direção da legenda.  

O partido não tem nenhum órgão dentro da administração estadual, mas possui uma indicação pessoal do próprio Nogueira na direção da Escola de Administração Pública (EAP). Com a ascensão, a expectativa é de que em pouco tempo o PT tenha o comando de uma secretaria de Estado. 

Sem caça às bruxas

Ouvido pelo portal SELESNAFES.COM, o novo presidente do PT diz que não pretende fazer perseguições, e que o momento é de agregar e reestruturar o partido.

“Não quero caçar bruxas. Quero fazer planejamento estratégico, parar uns dois dias para planejar a relação do partido com os sindicatos e formar quadros no interior do Estado”, diz o novo presidente do PT, que não esconde de ninguém a pretensão de disputar uma vaga de deputado estadual em 2018.

Compartilhamentos