Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Um funcionário da Infraero tomou um susto na noite desta sexta-feira (2) ao verificar uma sacola que alguém havia esquecido num carrinho de bagagem no Aeroporto Internacional Alberto Alcolumbre, logo após o desembarque.

Dentro havia um livro, e dentro do livro uma pistola Taurus 9 milímetros de uso exclusivo das Forças Armadas e forças de segurança. Além da arma, havia bastante munição e dois carregadores.

A Polícia Civil foi chamada para investigar o caso. Agentes do Núcleo de Operações e Inteligência (NOI) levaram a pistola para o Ciosp do Pacoval e iniciaram a pesquisa. Os investigadores descobriram que a arma, apesar de estar escondida dentro de um livro com as páginas cortadas, está registrada.

O titular é um policial federal aposentado da cidade de Foz do Iguaçú, no Paraná. No entanto, ainda à noite, um militar do Exército apareceu no Ciosp se identificando como atual proprietário.

Carrinho onde o livro e a arma foram esquecidos. Fotos: NOI

O delegado de plantão, Leandro Totino, ouviu o depoimento do militar, que é tenente. Ele apresentou os documentos de porte e posse do armamento.

“Ele informou que guarda dentro de um livro porque a arma é grande, e ele não gosta usar na cintura”, explicou o delegado plantonista.

A arma foi devolvida ao militar.

Compartilhamentos