Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

A Polícia Civil realizou na tarde desta quinta-feira (24) o cumprimento do mandado de prisão contra Ozibenilson Oliveira de Souza, o “Tamuatá”. Ele é o principal suspeito da morte dos dois enteados, Paulo Ricardo Lima, de 9 anos, e Lio Lima, de 6 anos.

As crianças morreram afogadas em um lago próximo de onde moravam, no município de Tartarugalzinho, no último domingo (20).

De acordo com o delegado Wellington Ferraz, o acusado tinha um histórico de maus tratos e agressões com as vítimas e as renegava por não serem seus filhos biológicos.

Lago onde irmãos morreram afogados fica atrás da casa em que moravam. Fotos: Polícia Civil

No dia do crime, Ozibenilson Oliveira de Souza teria chamado os enteados no fim da tarde até um lago em um terreno na Rua São José, no Bairro Ayrton Senna, área rural do município. O homem teria convencido os irmãos que não sabiam nadar a entrarem na água, pois a roupa do mais novo foi encontrada nas margens do lago.

Outro fato que levanta a suspeita da polícia sobre o padrasto é que ele foi o primeiro a encontrar o corpo do irmão mais velho.

Padrasto tinha histórico de agressões contra as crianças

Ozibenilson Oliveira de Souza nega a autoria do crime, mas entrou em contradição várias vezes sobre os fatos que ocorreram no dia das mortes. A Polícia Civil não tem dúvidas de que ele é responsável pela morte dos enteados.

O padrasto foi encaminhado para o instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen).

Compartilhamentos