Compartilhamentos

HUMBERTO BAÍA

A polícia prendeu cinco pessoas e apreendeu um menor que estavam praticando caça ilegal no Parque do Tumucumaque, ao Noroeste do Amapá. Com eles, foram apreendidas armas e munição, inclusive, balas de fuzil, conforme a polícia.

Armas e munições foram apreendidas Foto: Humberto Baía

As prisões aconteceram no Rio Oiapoque, após monitoramento da polícia. Na abordagem, um dos suspeitos arremessou uma arma para o rio, na tentativa de livrar-se do flagrante.

“Tínhamos que fazer o flagrante, ficamos em campana desta vez e tivemos êxito na operação”, disse o delegado Charles Corrêa, que comandou a ação.

Delegado Charles Corrêa comandou ação Foto: Humberto Baía

Segundo a polícia, o grupo matou espécies ameaçadas de extinção, como o macaco aranha, jacarés e pacas. Eles também estariam praticando pesca com explosivos.

Peixes eram pescados com explosivos Foto: Humberto Baía

A suspeita é de os animais abatidos seriam contrabandeados para São Jorge, na Guiana Francesa, onde a caça às espécies é permitida, e o valor comercial é alto.

Os presos e o material foram levados para a delegacia de Oiapoque.

Compartilhamentos