Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Você olharia durante um minuto para um estranho? Esse é o desafio do evento “Entre Olhares: Um Experimento de Conexão Humana”, que ocorre a partir das 16h deste sábado (23) na Praça Samaúma, no Araxá. O encontro acontece simultaneamente em 73 países.

A iniciativa no Estado é do Ministério Público do Amapá (MP-AP), por meio do Núcleo de Mediação, Conciliação e Práticas Restaurativas, coordenado pela promotora de Justiça, Sílvia Canela. A proposta é simples: restabelecer a conexão humana através do olhar.

O encontro é aberto ao público em geral e consiste na interação entre estranhos por meio do cruzamento de olhares. Um minuto de contato visual com alguém que você desconhece para promover uma conexão global. 

“É preciso aprender mais uma vez a nos relacionarmos uns com os outros. Todos nós sabemos e sentimos o quanto a correria da vida nos desconecta uns dos outros”, frisou a promotora.

Evento ocorrerá simultaneamente em mais de 70 países. Foto: Divulgação

O experimento é visto através de uma plataforma de amor humano e conexão com o público. De acordo com os organizadores, o evento é um modo eficaz de comunicação global, sem a necessidade de palavras, apenas olhares.

Além disso, o Núcleo de Mediação aposta no encontro como disseminador da cultura da paz, buscando isso através da mediação, conciliação e das práticas restaurativas.

Compartilhamentos