Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

A jovem de 25 anos morta durante um assalto na cidade de Laranjal do Jari, no Sul do Amapá, na tarde desta quarta-feira (6), teria sido atingida numa troca de tiros entre o gerente da loja bancária e os criminosos. O relato é de uma tia da vítima repassado para a Polícia Militar.

O crime ocorreu por volta das 17h, numa loja “Caixa Aqui”, correspondente bancário da Caixa Econômica Federal, localizado na Rua Independência, no Bairro do Agreste. Testemunhas informaram à PM que eram 3 criminosos, sendo que apenas dois entraram na loja, enquanto um ficou do lado de fora dando cobertura.

Dentro da loja os clientes e funcionários foram rendidos. Foi nesse momento que a auxiliar administrativa Jaqueline Santos da Cruz, natural do município de Amapá, entrou na loja para pagar uma conta.

O gerente teria iniciado uma reação e trocou tiros com os assaltantes que fugiram levando R$ 8.840 em dinheiro. Um dos tiros acertou a testa da vítima que caiu. Ela ainda foi socorrida, mas já chegou morta ao hospital da cidade.  

Os dois criminosos fugiram a pé e deixaram uma motocicleta no local. Eles se embrenharam em uma área de mata. Equipes da PM e da Guarda Municipal iniciaram as buscas ainda durante a tarde.

Os três criminosos foram identificados, mas ainda não foram capturados até o início da manhã desta quinta-feira (7).

Compartilhamentos