Compartilhamentos

Na madrugada deste domingo, 31, foi registrado o primeiro assassinato do Conjunto Macapaba, na Zona Norte de Macapá. O crime envolve um policial militar.

Segundo o Centro Integrado de Operações em Defesa Social (Ciodes), o soldado Alberto Júnior Sá Neto estava na companhia de outras pessoas próximo ao Bloco 03 do Macapaba quando houve uma confusão. Ele sacou uma pistola 380 e disparou contra dois homens. Clenilson Sales, de 34 anos, foi alvejado no tórax e morreu no local. Ildomar Silva da Cruz, de 35 anos, foi ferido nas pernas e está internado no Hospital de Emergência.

O policial fugiu, mais foi preso por uma guarnição da PM. Ele aguarda decisão da Justiça no quartel da Polícia Militar.

Uma versão, ainda não confirmada, diz que o policial estava bebendo com dois amigos quando foi abordado por dois homens e houve o desentendimento. Ildomar Cruz, que foi levado para o HE tentou fugir do hospital. Ele é ex-detento da penitenciária do Estado.  

O Macapaba foi inaugurado em junho deste ano com a chegada de 1.440 famílias. Outras 2 mil serão acomodadas até o fim do ano. O conjunto, que fica no Bairro Brasil Novo, tem a melhor estrutura urbana do Estado, com direito a policiamento próprio, uma UPC inaugurada junto com o conjunto. Mesmo assim, o grande temor é que o lugar passe pelo mesmo processo de outro conjunto, o Mucajá, um dos campeões da violência.

Foto: Jairzemberg

Compartilhamentos