Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Uma pessoa está internada no Hospital de Clínicas Alberto Lima (Hcal) com suspeita de ter contraído a gripe H1N1. Ela teria dado entrada no Hospital de Emergências (HE) no sábado, 18. Ainda não se tem informações quanto ao nome e sexo do paciente.

O paciente se encontra isolado no Centro de Doenças Transmissíveis do Hcal, e, segundo informações de funcionários do centro que não quiseram se identificar, ele ainda não teria sido medicado com o tamiflu, medicamento utilizado em caso de suspeitas da doença. Segundo eles, o hospital não dispõe da medicação.

Paciente foi transferido do HE para o Hcal

Paciente foi transferido do HE para o Hcal. Fotos: Valdeí Balieiro

No início do ano um caso da doença foi registrado em Macapá. Um médico cubano teria chegado daquele país infectado pelo vírus.  Depois dele, mais três pessoas morreram por causa da doença.

Devido a possível proliferação do vírus, a Sesa pediu a antecipação da campanha desse ano. O Amapá conseguiu alcançar a meta de imunização dos grupos de risco, que era de 80%, mas segundo informações, muitos não teriam recebido a dose da vacina.

No Brasil, até esse semestre, já foram registradas quase 900 mortes pelo vírus H1N1 segundo o Ministério da Saúde (MS).

A Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) disse que ainda não pode se pronunciar a respeito do caso suspeito, mas garante que o medicamento não está em falta na rede estadual de saúde, e que o procedimento adotado é o mesmo recomendado para qualquer outro.

Compartilhamentos