Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Desde 2008, o número de eleitores no Amapá cresceu aproximadamente 21%.  De 384.825, passamos para 487.446 votantes. As mulheres são a maioria chegando a 51% do total de aptos a votar. Os dados estão disponíveis na página tanto do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), quanto do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AP).

No que diz respeito a eficácia de seus votos, as pessoas andam descrentes.

Eles não estão muito satisfeitos com a situação política que atravessa o país. Alguns nem mesmo tem vontade de sair de casa para votar, pois acreditam que o ato não muda mais a realidade do país como conta o professor Willian Freire, de 29 anos.

Professor Willian. Descrença em políticos leva ao voto nulo. Foto: André Silva

Professor Willian. Descrença em políticos leva ao voto nulo. Foto: André Silva

Nossa política merece uma repaginada. Nossos políticos estão sem credibilidade.  Nós estamos cansados dessas leis que só os privilegiam.  Eu voto nulo. Se eu pudesse nem sairia de casa para votar”, protestou o professor.

Dona Maria Zuleide de 51 anos discorda da opinião do professor. Para ela, as pessoas precisam exercer seus direitos e fazer valer seu voto.

“O poder da mudança está nas nossas mãos. Eu faço questão de votar. Acredito que é por meio dele que esse país vai mudar”, afirmou a comerciante.

Um raio ‘x’ do Brasil e do Amapá

De 2008 a 2016 o numero de eleitores no Brasil cresceu cerca de 11% segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No Amapá, passamos de 384.825 para 487.446 eleitores, um aumento de 102.621 votantes. As mulheres são a maioria, correspondendo a 51% do total tanto no país quanto no Estado.

Quadro de eleitores no Amapá. Foto: TRE-AP

Quadro de eleitores no Amapá. Fonte: TRE-AP

No  Brasil, somos ao todo 144.088.912 de eleitores. Desses, 28,80%  são eleitores que tem o ensino fundamental incompleto, seguido de 19,01% que completaram o ensino médio. Os eleitores de 30 até os 34 anos são a maioria dos aptos a votar. Eles correspondem a 11,23% do total que estão espalhados nos 5.568 municípios brasileiros.

No Amapá a realidade é um pouco diferente. Somos um total de 487.446 eleitores espelhados pelos 16 municípios que compõem o Estado, sendo que 29,02% desses eleitores concluíram o ensino médio. Os de ensino fundamental incompleto correspondem a 22,11% do total de eleitores. A maioria está na faixa etária de 24 aos 29 anos, representando 13,53% do total de eleitores.

Compartilhamentos