Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar que aguardava a chegada de um corpo na praia da Fazendinha, na manhã deste sábado (10), acabou atendendo outra ocorrência que não esperava: o parto de um bebê prematuro, em uma comunidade ribeirinha próxima do local onde estavam.

Por volta de 8h, o CBM foi acionado para se deslocar até a Apa da Fazendinha para ajudar Maria da Conceição Xavier, de 35 anos, que estava em trabalho de parto. A bolsa da mãe, que estava no sétimo mês de gestação, havia estourado.

Bolsa da mãe rompeu dentro de casa. Fotos: Olho de Boto

Bombeiros estavam em outra ocorrência quando foram acionados

Os bombeiros foram até a residência indicada e ajudaram a transportar a mulher com o bebê pelo rio em uma canoa.

De acordo com o tenente Chucre, que participou da ação, a equipe aguardou ainda a chegada de outro grupo de bombeiros, do município de Santana, que fez a remoção, os primeiros socorros, o corte do cordão umbilical, assepsia e demais cuidados com o bebê. Em seguida, mãe e filho foram transferidos para a maternidade.

“A mãe não estava fazendo pré-natal, nem acompanhamento, é de uma comunidade próxima a Apa da Fazendinha.Nosso trabalho foi conduzir o bebê até a chegada da ambulância”, explicou o bombeiro.

Tenente Chucre (direita): dever cumprido

O tenente disse ainda que a mãe e filho passam bem e comemora.

“A sensação é de dever cumprido por ter ajudado o próximo e no final das contas tudo correu dentro da normalidade”, concluiu.

Compartilhamentos