Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Um homem acusado de matar em 2012, duas pessoas num acidente de trânsito em Santana, foi condenado, nesta quinta-feira (5), a 9 anos de prisão em regime inicialmente fechado, e à perda de cargo público no Município.

Na sessão de julgamento, no Fórum de Santana, foi acatada a tese de acusação da promotora de Justiça Clarisse Alcântara, que requereu a condenação do réu pelo crime de homicídio doloso, praticado na direção de veículo automotor.

“O acolhimento da tese apresentada pelo MP [Ministério Público] nos deixa felizes. A sociedade não aceita mais essa violência no trânsito e a Justiça de nosso estado cumpriu seu papel”, falou a promotora.

O grave acidente aconteceu no dia 10 de novembro de 2012, por volta de 3h30, no cruzamento da Av. Dom Pedro com a Rua Adálvaro Cavalcante, no município de Santana.

Conforme a acusação, o réu, que conduzia um automóvel corsa, avançou intencionalmente a preferencial e atingiu outro veículo, uma pick-up Strada. Com a colisão, duas pessoas morreram e outras quatro ficaram lesionadas.

*Foto: Tjap

Compartilhamentos